Siemens apresenta o Openscale Service

0
14



Resultado de sua ampla experiência em projetos de comunicações unificadas (Unified Communications – UC), a Siemens Enterprise Communications apresenta o Openscale Service Packages, um pacote de serviços gerenciados que resolve os problemas característicos enfrentados pelos clientes que utilizam esse tipo de solução. Os modelos tradicionais de serviços de TIC baseados em manutenção corretiva não atendem de modo eficaz às necessidades dos atuais ambientes de UC, com diferentes fornecedores e em localidades diversas. A nova solução foi desenvolvida de acordo com as melhores práticas ITIL visando atender as especificidades do cliente, mantendo os níveis de custo e a facilidade de crescimento de pacotes globais padronizados.

 
Disponível diretamente na Siemens Enterprise Communications ou por meio de revendas, o Openscale Service Packages permite que as empresas adquiram os pacotes necessários, com opções flexíveis de serviços adicionais, contratos de nível de serviço (Service Level Agreements – SLAs) por localidade e relatórios personalizados.

 
“Os serviços gerenciados são fundamentais para a adoção de comunicações unificadas, pois otimizam a redução dos custos e aceleram as implantações, o que garante que as empresas mantenham o foco em seus negócios”, afirma Gerald Kromer, vice-presidente executivo global de serviços da Siemens Enterprise Communications. “Com base no retorno dos clientes sobre nossa ampla experiência em implantações complexas com soluções de vários fornecedores, desenvolvemos o Openscale Service Packages para atender cada cliente em suas principais necessidades, com mais flexibilidade e opções, além de amortizar os custos e a complexidade.”


“Os clientes têm aderido a novas tecnologias associadas a modelos de negócio em Opex, que assegurem redução de custos e previsibilidade de despesas, além do aumento da disponibilidade e continuidade dos negócios. Na América Latina o número de contratos de serviços gerenciados cresceu o dobro em 2010 comparado aos serviços de manutenção tradicionais”, complementa Juliano Menegazzo, diretor de soluções e serviços para América Latina.