Siemens ganha market share em Pabx IP de médio porte

0
2


A Siemens aumentou sua participação no mercado de sistemas PABX de 33 a 128 ramais, Middle-Market, segundo dados divulgados pela Associação Brasileira da Indústria Eletroeletrônica – Abinee. A empresa substituiu a comercialização da plataforma de comunicação Hicom 150 H pela família de produtos HiPath 3000. Parte significativa desse crescimento veio da venda de sistemas com Workpoints IP ou que possuem entroncamento IP com outros sistemas (IP Trunking).


A empresa é otimista em relação à curva de adoção de IP PABX para os próximos anos e aposta no potencial de migração da base instalada para equipamentos convergentes. “O ciclo de vida do equipamento gira em torno de seis anos e esta migração permite a preservação dos investimentos já feitos nas redes de telecomunicações”, avalia João Arnoldi, gerente de produto da Siemens.


Os principais atrativos para as corporações que desejam ampliar os recursos da rede são a comunicação aberta com interfaces padronizadas e o grande número de facilidades do sistema HiPath 3000. Os equipamentos da base instalada, e os recursos de voz sobre IP, oferecidos pela Siemens, permitem a convergência de voz e dados mesmo para empresas que tenham sistemas antigos. A plataforma de comunicação HiPath 3000 provê facilidades como transmissão de videoconferência via rede digital de serviços integrados (ISDN), sistemas cordless, callcenter, unified messaging e uma família completa de terminais digitais fixos (optipoint 500) e móveis (família Gigaset 4000), além de terminais IP (optipoint 400) e SoftClients (opticlient 130) que podem ser instalados em um computador.