Softway conquista grandes resultados em 2003

0
0

O ano de 2003, para a Softway, foi de grandes conquistas. A empresa anunciou crescimento de aproximadamente 50% e faturamento de R$ 90 milhões, além disso, recebeu 9 troféus do Prêmio da Associação Brasileira de Telemarketing (ABT), conquistou o Top de Marketing conferido pela ADVB/SC, e foi incluída no “Guia Exame das 100 Melhores Empresas para Você Trabalhar” e no “Guia Exame das 40 Melhores Empresas para a Mulher.

Para Alessandro Goulart, presidente da Softway, o ano deve outros fatos positivos, “além do crescimento da empresa, da conquista de novos clientes e do reconhecimento do mercado, em 2003 a Softway promoveu uma parceria inédita entre duas das maiores empresas do Brasil que são suas clientes. Foi uma ação conjunta realizada a partir da identificação de oportunidades inerentes à atividade de ambas as empresas, gerando resultados positivos para as três empresas envolvidas. Outra ação a ser destacada foi a criação do primeiro MBA de CRM e Call Center do Brasil, através de uma parceria inédita com o Ibmec, uma das mais modernas instituições de ensino de administração do país”.

Para continuar nessa caminhada a empresa, que acredita em um aumento de 10% do mercado de call center, já tem suas metas traçadas. “Os nichos a serem explorados coincidem com os mercados em expansão em 2004. Portanto o mercado deverá crescer com o outsourcing de call centers atualmente operados internamente, bem como a intensificação de oportunidades offshore”, expõem o executivo.

A expectativa é que a Softway cresça 30% em seu faturamento, além da expansão da divisão de atendimento receptivo e SAC. “Espero, primeiramente, a intensificação do processo de terceirização iniciado nos últimos anos, a fim de que as empresas possam focalizar a utilização de seus recursos na sua atividade principal, e segundo, acredito na consolidação da posição do setor de atendimento e telemarketing como extremamente relevante na atual conjuntura do país, devido ao seu potencial de geração de empregos e a sua natureza de porta de entrada dos jovens no mundo profissional, através da atuação da Associação Brasileira de Telemarketing junto às autoridades governamentais”, diz Alessando Goulard, mostrando sua visão para 2004.