SPCom busca crescimento no setor alimentício

0
3


As empresas do ramo alimentício, para aprimorar as relações com consumidores e clientes corporativos, estão seguindo a tendência de terceirização dos serviços de teleatendimento. Devido às necessidades de um procedimento padrão e qualificado, as ações de telemarketing ativo e receptivo têm sido repassadas a agências especializadas, o que contribuiu para o crescimento da atividade à taxa anual de mais de 20% nos últimos cinco anos.


É nesse contexto que a agência de callcenter SPCom, pretende marcar presença. A operadora quer ampliar a clientela para o setor alimentício, em virtude do potencial de expansão do telemarketing entre as empresas deste mercado, independente do porte e da especificidade das mesmas. Com um crescimento de 450% em dois anos, a empresa está inaugurando uma segunda sede na capital paulista, de 10.800 metros quadrados, o que possibilitará a ampliação de 1.100 para 2.253 pontos de atendimento (PAs). Além do aumento da mão-de-obra que deve passar dos atuais 1.900 para 5.000 funcionários.