Tecnoworld aposta no mercado de callcenter

0
1



O segmento de callcenters, que atingiu seu auge nos anos 90, atualmente precisa investir em infra-estrutura de TI para atender uma agressiva demanda por novos serviços. Ao mapear essa necessidade, a Tecnoworld, fabricante de thin clients, mainboards e notebooks, aposta neste setor para aumentar as vendas em até 30% este ano.


Segundo Julio Poggio Jr., gerente de desenvolvimento de negócios da Tecnoworld, o momento é ideal para promover o uso de produtos thin client neste mercado, já que o setor passa por um período de troca de parque legado. “Em várias visitas, detectamos a necessidade de troca das estações de trabalho por equipamentos mais robustos, duráveis e econômicos que os PCs”, frisa o executivo.


Segundo o executivo, para o ambiente de callcenters, o thin client apresenta vantagens que vão além da economia de energia e de espaço. São máquinas com vida útil acima de oito anos que exigem o mínimo de manutenção e suportam a alta rotatividade de usuários nas baias, principalmente em atendimentos 24 horas. “O gerenciamento centralizado, longa durabilidade e baixa manutenção são muito prezados por clientes deste nicho, que normalmente não possuem grandes equipes de TI e precisam de soluções de baixo custo de propriedade”, aponta Julio. “Com a plataforma thin computing, as empresas conseguem obter retorno de investimento com aumento de produtividade dos funcionários, instalação de mais pontos de atendimento na estrutura já existente e manutenção e administração facilitadas”, conclui.