Transit Telecom chega ao mercado de telefonia fixa

0
2

A partir de agora, empresas podem contar com os serviços de nova operadora de telefonia fixa, a Transit Telecom, que recebeu da Anatel a licença para operar nos sistemas SCM (Serviço de Comunicação Multimídia) e STFC (Serviços de Telefonia Fixa Comutada) tanto na modalidade local quanto em longa distância nacional (LDN) e internacional (LDI), nos estados de São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

O primeiro estado em que a empresa vai atuar comercialmente como entrante autorizada é São Paulo, no qual os assinantes da Transit Telecom serão identificados com prefixo 3511. Nos serviços de longa distância, o código da operadora será o 17. O objetivo da empresa num prazo de um ano é obter 187 mil acessos, o que representa 1,3% do universo de assinantes das regiões que atende. A Transit Telecom oferece linha telefônica, linha tronco para conexão a equipamentos do cliente, links digitais (E1 DDR) e links dedicados (256 Kbps a 2Mbps). Como entrante, embora seu foco seja voz para o mercado SMB, seu portfólio de serviços deve ser ampliado para VoIP, 0800, VPN e o cartão pré-pago para telefonia fixa.

A Transit Telecom iniciou suas operações em 2002 como empresa espelhinho, contando com capital próprio e financiamento de fornecedores e linhas de crédito de bancos oficiais. Obteve licenças da Anatel para atuar em 46 municípios, nos quais as operadoras-espelho não alcançavam, sendo 17 em São Paulo, 15 no Rio Grande do Sul, 12 em Santa Catarina e dois no Paraná.