VoxAge planeja crescer 40% em 2006

0
3


Após registrar crescimento de 35% em 2005, VoxAge, empresa brasileira especializada na automação por voz nos atendimentos receptivos e ativos a clientes, anuncia que a expectativa para este ano é de expansão na ordem de 40%. Entre os principais motivos do crescimento no apassado está a ampliação dos valores dos contratos já existentes e do crescimento da base de clientes em 20%.

Um dos principais motivos para o desenvolvimento da empresa é o foco nos processos de automação com interação por voz em diferentes plataformas. “A VoxAge utiliza tecnologias de padrões abertos. A nossa remuneração não é pelo fornecimento da solução, mas sim pelo compartilhamento do resultado por ela conquistado. E isso faz toda a diferença para nossos clientes”, destaca Denio Di Lascio, diretor comercial da VoxAge. E para 2006, a empresa também prevê ampliar a oferta de soluções com reconhecimento de voz, conquistando novas fatias do mercado.

Entre as novidades, está a solução de Speech Processing. Segundo o presidente da VoxAge, Alexandre Constantine, mais do que nunca, a VoxAge customiza a oferta de acordo com a necessidade do cliente. “Oferecemos a ele know-how em Speech Processing, tecnologia que proporciona uma redução de custos como nenhuma outra. Com isso, a economia obtida com a automação é maior do que o custo da implantação do serviço, numa clara relação de ganha-ganha”, destaca.

São muitas as possibilidades do Speech Processing. Atualmente, a tecnologia já vem sendo utilizada por vários setores, como instituições financeiras, empresas de telefonia e de prestação de serviços em geral. Os clientes e usuários destas empresas, cada vez, demandam maior mobilidade e agilidade no relacionamento e o Speech Processing tem se demonstrado como uma tecnologia extremamente cômoda e segura. “O desafio da VoxAge é ´tropicalizar´ os sistemas de Speech Processing, fazendo planejamento e estudo de cada caso, prevendo a reação do usuário final ao interagir com a máquina e criando árvores de navegação cada vez mais eficientes”, explica Alexandre Constantine.

No clima da Copa do Mundo – Outra novidade da empresa tem haver com a paixão do brasileiro. Entrando no ritmo da Copa do Mundo 2006, a VoxAge coloca o time em campo e lança um bolão especialmente desenvolvido para jornalistas, congressistas e convidados que participarem do IT Conference. O evento, um dos mais importantes do país em TI e Telecom, será realizado nos dias 07 e 08 de junho, no Hotel Gran Meliá WTC, em São Paulo.

A aplicação funcionará por meio de uma navegação por reconhecimento de voz. Diferentemente dos bolões tradicionais, no da VoxAge basta utilizar o telefone para dar os palpites. Com um número de identificação pessoal (PIN), o participante terá de adivinhar o resultado das partidas da Seleção Brasileira na primeira fase, além de opinar quais jogadores farão os gols.

“O nosso objetivo com o Bolão da Copa é demonstrar a capacidade de interação homem-máquina, tendo como base as principais vantagens dessa tecnologia: a mobilidade e a facilidade de uso. Para a VoxAge, o foco principal é o interlocutor, a pessoa que utiliza o processo. É ele quem precisa se sentir confortável e bem atendido pela operação”, explica Denio Di Lascio, diretor comercial da VoxAge.