Wittel estrutura escritório de projetos

0
1



A Wittel concluiu o processo de estruturação da área de projetos. Entre as novidades está a criação do PMO (Project Management Office) e a certificação dos gerentes de projeto. A partir da estrutura funcional, em 2008, a Wittel apostou na criação do PMO para centralizar os projetos de produtos e serviços. Pouco menos de 18 meses, a Wittel já havia evoluído para a estrutura matricial forte, passando a controlar o portfólio de projetos pela gerência de projetos.

 

“O trabalho de padronização, mudança cultural, desenvolvimento profissional, escolha das ferramentas e apoio de todos os gerentes e diretores da Wittel foram os fatores críticos de sucesso para que pudéssemos fechar o ano de 2008 com o escritório de projetos consolidado”, explica Moisés Lima, gerente da área de projetos da Wittel.

 

Hoje, a companhia conta com uma equipe de gerentes de projetos bilíngüe, com certificações PMP. Eles estão capacitados para assumir o gerenciamento de qualquer solução que a empresa fornece e ainda consultoria de gerenciamento de projetos. “A Wittel trabalha com mais de 20 projetos simultaneamente e possui fortes parceiros em outros países da América Latina e Estados Unidos”, acrescenta Rafael Magro, gerente de projetos da Wittel.

 

“A área conseguiu um número considerável de trabalhos finalizados e, com isso, auxiliou o crescimento da empresa em 2009, que registrou alta de 29% no volume de vendas e faturamento da ordem de R$ 103 milhões. No próximo ano pretendemos estender nossa atuação em consultoria e posicionar a área de projetos como mais um serviço”, revela Carlos Louro, diretor-superintendente da Wittel.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorOtimismo confirmado
Próximo artigoSob medida