O canal para quem respira cliente.

São Paulo, Brasil - 29 de janeiro de 2022, 00:54

80 homens para mudar o mundo

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin



Na publicação “80 Homens para Mudar o Mundo”, da Clio Editora, os autores Sylvain Darnil e Mathieu Le Roux trazem a idéia de que há luz no fim do túnel e, mesmo em meio a uma crise econômica e sob a ameaça crescente do aquecimento global, as soluções não estão na mente dos teóricos nem nas mesas de negociação dos países mais ricos ou dos emergentes. Elas já estão sendo colocadas em prática, com sucesso, nos mais diversos pontos do planeta. O que falta é divulgá-las para que possam ser adotadas em maior escala.

 

Os autores iniciaram a investigação in loco em 15 de junho de 2003. Em 15 meses, os jovens franceses percorreram 65 mil quilômetros e conheceram 113 iniciativas. Das 80 mais interessantes, 32 são retratadas detalhadamente no livro. São todas empresas rentáveis e algumas delas competem com players tradicionais.

 

Para facilitar a leitura, os empreendimentos estão divididos por continente. Um índice por assuntos ajuda o leitor a encontrar iniciativas também por área de atividade. No livro é possível conhecer a American Apparel, fabricante de roupas, especialmente camisetas, que produz cerca de 1 milhão de peças por semana e é a mais rentável do setor de confecções dos Estados Unidos graças a um modelo de negócios que prioriza as condições de trabalho e o salário dos funcionários.

 

Vilã do ecossistema, a indústria química também produz exemplos de sustentabilidade. Na Alemanha, Darnil e Roux avaliaram a Safechem, que inovou ao instituir o conceito de locação de produtos químicos. A empresa trabalha com solventes clorados, substância tóxica utilizada na limpeza de peças metálicas de vários setores, como o automobilístico e o aeronáutico. Hoje, no lugar de comprar o solvente, as indústrias contratam a Safechem para fazer essa limpeza, num processo em que 92% do composto é reciclado. A quantidade de solvente utilizado por cliente passou de 25 toneladas por ano para apenas 2 toneladas e, mesmo vendendo menos, o faturamento da empresa aumentou.

 

Da América do Sul e África, os autores selecionaram sete iniciativas, quatro delas no Brasil. Voltado para a preservação, o Projeto Tamar transformou as tartarugas em atração turística. O Comitê para a Democratização da Informática (CDI) promove a inclusão digital graças a escolas de informática instaladas em comunidades pobres. O livro destaca ainda a atuação de Jaime Lerner, ex-prefeito de Curitiba, e o sucesso da Ideaas, empresa gaúcha especializada na locação de painéis solares para a zona rural.

 

Ficha Técnica:
Livro: 80 Homens para Mudar o Mundo
Autores: Sylvain Darnil e Mathieu Le Roux
Editora: Clio
Páginas: 240
Preço: R$ 39,90

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima