A receita para as vendas

0
15



Apesar do fantasma da inadimplência, o crédito ainda deve ser o grande personagem das vendas nesse Dia dos Pais. Para Edgard Monforte Merlo, professor associado da FEA-RP/USP, o varejo deve registrar crescimento nas vendas impulsionado principalmente pelo crédito. “Embora o ticket médio deva diminuir, as vendas irão aumentar por conta do crédito ainda possuir um papel importante na economia”, opina em entrevista exclusiva.

 

Outro ponto que pode auxiliar no crescimento, segundo Merlo, são as boas experiências de consumo, que vão desde o atendimento, a localização da loja, até variedade de produtos em estoque. Ele comenta que o cliente tem valorizado cada vez mais um processo de compra diferenciado. “Trabalhar a experiência no ponto-de-venda é uma saída para fidelizar o consumidor que vai até a loja comprar um presente para o pai. Os descontos em si podem ser um atrativo, mas não fidelizam. Por outro lado, boas experiências podem fazer com que ele volte sempre”, esclarece.

 

Ainda sobre as vendas, o professor completa dizendo que a redução da taxa de juros não deve impactar no varejo. Na visão dele, a medida do governo está chegando de forma muito tímida para o consumidor. “Como o risco de inadimplência ainda está alto, essas taxas ainda não estão sendo repassadas para o consumidor”, explica.