Abiesv divulga dados de 2004

0
1

O setor de equipamentos e serviços para o varejo encerrou 2004 com faturamento médio 18% maior do que no ano anterior. É o que aponta sondagem realizada em dezembro último pela Abiesv (Associação Brasileira da Indústria de Equipamentos e Serviços para o Varejo). Entretanto, segundo as cerca de 60 empresas que responderam à sondagem, os investimentos para este ano deverão ser menores do que o inicialmente projetado, em razão do alto custo dos financiamentos bancários, da pesada carga tributária e, principalmente, da incerteza quanto ao comportamento da demanda dos lojistas.
Em 2004, o crescimento do setor de equipamentos e serviços – fornecedores de mobiliários e sistemas de iluminação, por exemplo – foi puxado sobretudo pelas exportações, gerando empregos e aumento de produção. Houve, no entanto, queda na lucratividade das empresas, fruto da alta nos preços de matérias primas como aço e plástico, do aumento nas taxas de juros e da escassez de linhas de financiamento de longo prazo.
Para o presidente da Abiesv, Marcos Andrade, a capacidade produtiva da indústria de equipamentos está ajustada à perspectiva da demanda em 2005. “De maneira geral, os empresários do setor estão moderadamente otimistas. Os investimentos, neste ano, deverão ser voltados muito mais para o lançamento de novos produtos e melhoria da qualidade”, afirma Andrade.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBanco tira dúvidas dos clientes
Próximo artigoIntegração total