Alta produtividade

0
1


A CHG, distribuidora de autopeças e acessórios, já conta há seis anos com tecnologia Microsiga, para melhoria dos resultados. A empresa, que possui cerca de 8 mil clientes, entre lojas, autocenters e concessionárias, e trabalha atualmente com mais de 35 mil itens, fornece produtos e serviços com mais rapidez e segurança, graças ao sistema administrativo, por onde roda o software de gestão Protheus.

Segundo Nilton Rodrigues, diretor de tecnologia da CHG, a idéia de investir em tecnologia veio juntamente com os boatos do ´bug do milênio´. “Procuramos no mercado o que chamamos de sistema de maior respaldo, com medo de um possível ataque que prejudicasse arquivos, recibos, notas e documentos importantes. Abrimos concorrência e fizemos uma análise, que envolveu fatores muito importantes como preços, adaptação do sistema às necessidades da CHG e agilidade nas implementações – já que tínhamos pressa em informatizar todos os processos. E assim, a parceria com a Microsiga já dura 6 anos”, explica ele.

O Protheus, segundo Nilton Rodrigues, diretor de tecnologia da CHG, não somente agilizou os processos de compra e venda, bem como mudou totalmente a cultura e a estrutura da companhia. “Antes, tudo era feito off line – a conferência de todos os itens era feita manualmente, e o que levava um dia para ser concluído, hoje dura apenas dois minutos”, contou. “Criamos uma nova infra-estrutura, com banco de dados e aplicações, para dar conta de 300 pedidos, com cerca de 150 itens cada, além das 2 mil notas fiscais, emitidos diariamente.”, diz ele.

A CHG também utiliza o sistema de WMS para gerenciamento do armazém, feito por meio de rádio-freqüência. “Antes, o recebimento de materiais demorava cerca de cinco dias, até chegar ao estoque. Os funcionários classificavam, identificavam e conferiam item por item. E despachar uma peça também era um processo demorado e confuso. Hoje, não demoramos mais que um dia para receber e catalogar todo o carregamento que nos chega, a todo momento. Recebendo de maneira ágil posso também agilizar o processo de expedição”, diz.

Bons resultados – A solução da Microsiga possibilitou, de acordo com o diretor de tecnologia da CHG, a facilidade de comunicação entre fabricantes e clientes. “Por meio da comunicação eletrônica, seja por Internet ou EDI, conseguimos fazer a ligação rápida entre fornecedores e clientes. Um dos exemplos de como nosso trabalho é totalmente integrado com os terceiros é nossa atualização de preços, que é lançada diretamente aos nossos parceiros e clientes, de forma automática, por e-mail”, conta.

Hoje, Rodrigues comemora o sucesso da implementação e seus resultados, com percentuais altos de crescimento. “Com base no WMS, atingimos cerca de 400% em aumento de produtividade e ultrapassamos a margem dos 30% em resultado de vendas e lucratividade”, acrescentou. Para ele, a economia foi incalculável. “É impossível mensurar o quanto crescemos desde que passamos a usar Microsiga. Com um investimento de cerca de 1% de nosso faturamento, vimos o número de pedidos dobrar em apenas um ano”.

Ele também garante que o retorno sobre o investimento foi de 100%, uma vez que não somente o número de clientes e pedidos cresceu, bem como a variedade de itens comercializados. “Depois do Protheus, passei de 6 mil para 36 mil itens de venda. E já estimamos um crescimento de 500% dentro de cinco anos”, diz ele.