Aon Re busca expandir negócios

0
1
Michael O’Halleran, CEO da Aon Re Global, e principais executivos da corretora de resseguros visitaram o Brasil, pela primeira vez, atraídos pela perspectiva de abertura do mercado de resseguros do país. A Aon Re, que atua em 120 países, pretende investir fortemente nas operações brasileiras e reforçar as parcerias firmadas com instituições, corretores cativos e locais, enquanto aguarda a regulamentação da Lei 126, sancionada em janeiro último.
De acordo com Michael, a abertura do mercado brasileiro está prevista para ocorrer no início de 2008, mas o processo pode ser mais ágil. “Pelos meus 34 anos de experiência no mercado global de resseguros, já vivenciei esse processo em países onde a burocracia era mais complexa do que no Brasil. Mas, mesmo assim, o processo de abertura foi rápido, em menos de um ano”, explica o CEO.
O otimismo, com relação ao mercado brasileiro, é ainda maior após a passagem da comitiva por São Paulo e Rio de Janeiro. Os executivos receberam feedback positivo dos clientes e do mercado, que os incentivaram a apostar na expansão da empresa, no setor de resseguros no país. Ao mesmo tempo em que a corporação aguarda a regulamentação do Governo, ela prepara s estratégias de atuação ancorada na ampliação dos serviços e nas instalações no Brasil, por meio da implantação de ferramentas tecnológicas de consultoria, exclusivas da Aon Re dos EUA, para todos os clientes da América Latina. “O objetivo é mostrar para o mercado que a opção do resseguro é uma alternativa para que as empresas utilizem melhor o capital da companhia, buscando mais ‘folga’ para aplica-lo”, explicou Michael.