Aproveite o que há de melhor

0
10
Seja em um time de futebol ou no mundo corporativo, contar com craques faz a diferença na busca por bons resultados. Mas, se os técnicos dessas equipes não souberem tirar o melhor proveito deles, de nada valerá contar com profissionais qualificados, como mostrou Adriano Caetano, diretor da Loja Integrada, apontando que no caso da seleção alemã, durante a Copa do Mundo, foi buscado entre os jogadores quais eram as suas vantagens. “Por exemplo, com a falta de laterais, intensificou o meio de campo e foi campeão. Uma empresa precisa apostar em seus pontos fortes. Saber o seu papel no mercado e buscar estratégias de fazer o seu papel da melhor forma possível”, afirma ele.
Para se valer de forma mais vantajosa é preciso de dois planos táticos: planejamento e organização. Com os dois, a empresa consegue ter conhecimento suficiente sobre o mercado, seus clientes, estabelecer metas e criar planos. Entretanto, estes devem ser levantados antes de sua criação. Caetano lembra que a Alemanha, anos antes do Mundial, eles se prepararam e estudaram sobre quais eram as possibilidades que tinham de algo dar certo ou errado, estudaram seus jogadores e de outros times, enquanto isso, o Brasil apostou somente na marca que tinha e na questão individual. “O empreendedor precisa criar metas para alcançar seus objetivos e criar planos para sair de futuras crises. ‘Conhecer o solo’ que se planta é algo extremamente essencial”. 
Porém, ao contrário de um time, que visa o gol, uma empresa não pode apenas focar na venda, ela deve ainda, para a sua vitória, conhecer o seu cliente e investir nele. “É preciso entender que uma empresa, até mesmo o e-commerce, funciona a partir da organização do seu proprietário, que visa não apenas em vender, mas no bom relacionamento com o seu cliente, sabendo qual é o seu público alvo para investir”. Levanto em consideração a famosa frase, para não perder espaço, é preciso dar assistência mais ainda ao seu público do que ao negócio.