Arcos Dorados conecta escritórios na AL

0
3



A empresa Arcos Dorados é responsável pelas operações do McDonald’s, cadeia de fast food. Esse modelo de negócios e o mercado exigem que a companhia tenha uma estrutura flexível que permita a ela se adaptar rapidamente para satisfazer às exigências e demandas dos clientes. Por esse motivo, a companhia assinou um importante contrato de prestação de serviços de comunicação com a Siemens Enterprise Communications. O projeto engloba as soluções de comunicação móvel e unificada que conectarão em uma única rede os colaboradores dos escritórios comerciais e os restaurantes do McDonald’s em 12 países da América Latina (Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, México, Panamá, Peru, Porto Rico, Uruguai e Venezuela).


A primeira etapa foi realizada em 2008, quando as duas empresas mudaram-se para o Urbana 1 Business Center, em Buenos Aires, na vizinhança de Vicente Lopez. Nesse local, foi firmada uma aliança estratégica: a Siemens Enterprise Communications começou a prestar serviços de comunicação a partir do seu próprio data center para 250 colaboradores da Arcos Dorados. O sucesso da primeira implementação foi marcado por uma relação produtiva entre cliente e fornecedor.


Em virtude dos resultados obtidos, os executivos da Siemens Enterprise Communications dobraram a aposta e apresentaram uma proposta para estender os serviços para toda a região, um projeto que já começou a se tornar realidade. Com mais de 5.000 portas de comunicação, a Siemens Enterprise Communications está conectando os colaboradores do escritório corporativo da Arcos Dorados e as lojas comerciais do McDonald’s distribuídas por 12 países da América Latina.


“Estamos orgulhosos por termos sido escolhidos pela Arcos Dorados como parceiro de comunicações unificadas. Não temos dúvida de que os principais fatores como flexibilidade, previsibilidade dos custos, nossa liderança como provedores de comunicações, presença em diferentes países da região e ainda o modelo de negócios CaaS (Communications as a Service), foram os motivos pelos quais conseguimos obter sucesso nesse projeto”, ressalta Daniel Corrado, CEO da Siemens Enterprise Communications para o Cone Sul.