Aumentam as consultas a serviço de crédito

0
1



As consultas ao Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC), um dos principais indicadores de movimento no comércio, tiveram crescimento de 5,5% em agosto deste ano sobre o mesmo mês de 2006. O aumento foi ligeiramente inferior ao de julho, que ficou em 5,9%. Ao mesmo tempo, os registros recebidos no cadastro de inadimplentes do SCPC aumentaram 6,6% na comparação com agosto de 2006.

 

A ACEB (Associação Comercial e Empresarial do Brasil) acredita que essa procura por consultas a serviços de crédito tem crescido em função do aumento da inadimplência no País. As últimas pesquisas realizadas desde o início deste ano mostram que o número de inadimplentes tem subido, se comparado a 2006. Enquanto no ano passado, em São Paulo, havia 38% de inadimplentes, atualmente há 43%, segundo a Fecomercio.

 

Os dados mostram, ainda, que as consultas relativas aos cheques vêm se mantendo quase estáveis. Nos últimos meses, estudos de diferentes institutos mostram que o brasileiro está substituindo o cheque por outros meios de pagamento, como cartões de débito e crédito. Mas a ACEB sugere que os empresários mantenham a cautela e não corram riscos com cheques sem fundo. “De qualquer forma, quem não trabalha com cartão de crédito, pode – e deve – utilizar os serviços de consulta ao crédito, como, por exemplo, o SNPC”, afirma Roberto Gonçalves, consultor contábil da ACEB.