B2B Online atinge R$ 195,2 bilhões

0
3

O índice B2B online, que representa a soma dos volumes de transações entre empresas no mercado eletrônico, atingiu no ano passado R$ 195,2 bilhões – valor 30% maior do que o movimentado em 2003. Sendo que o B2B Companies, praticado via portais proprietários das empresas, alcançou R$ 148;9 bilhões, enquanto o B2B realizado nos E-Marketplaces independentes conseguiu R$ 46,3 bilhões, no mesmo período. Desde que começou a ser analisado o índice vem apresentando uma tendência de crescimento a cada trimestre avaliado, segundo informa a companhia.
O crescimento mais acentuado no segundo semestre de 2004 se deve ao bom desempenho macro-econômico do País e a natural retomada de planos de investimentos e projetos, o que aquece transações (compras e vendas), inclusive no canal digital. O aumento das exportações também tem influenciado positivamente. Além disso, o crescimento foi impulsionado pela maior inclusão digital das Pequenas e Médias Empresas (PMEs), que vêm adotando uma visão mais inovadora dos negócios e percebendo as vantagens (principalmente em termos de redução de custos, acesso e rapidez de negociação) que o comércio online lhes oferece.
Não obstante este forte crescimento, porém, quando comparadas com os países mais digitalizados, as operações B2B Online no Brasil ainda apresentam resultados tímidos, perante a pujança da economia offline. Na análise do histórico trimestral podemos observar como o B2B Companies, após uma queda no terceiro trimestre do ano (R$ 34,7 bilhões), teve uma recuperação no quarto trimestre que levou os valores transacionados perto do recorde do segundo trimestre alcançando um valor de R$ 41,6 bilhões.
O setor petrolífero se confirma como dominante nesse mercado, mesmo apresentando uma queda no terceiro trimestre. Ainda sim foi o setor com a melhor performance em base anual. Já o automobilístico, por sua vez, manteve uma progressão constate, que acompanhou a evolução do índice em base anual. Mas o principal motivo de crescimento do índice B2B Companies pode ser identificado, principalmente, no crescimento das vendas de bens de consumo e serviços de TI. Em relação a 2003, podemos evidenciar um crescimento nas vendas dos E-Marketplaces de 137%.