Banco Central cria ouvidoria

0
3


O Banco Central criou uma ouvidoria para receber e responder as reclamações da sociedade contra a instituição. O novo setor terá a responsabilidade de agilizar as demandas levadas à instituição, cobrando respostas rápidas à sociedade. A estrutura do novo departamento, que ainda está em fase de implementação, será pequena, contando com apenas seis pessoas, entre elas o Ouvidor-geral, cuja função é subordinada ao presidente do BC, Henrique Meirelles.

Outra área nova no BC é a corregedoria-geral. Obedecendo a decreto presidencial publicado em junho de 2005, o departamento será implementado nos próximos dias e será voltado para dentro do banco. A função será receber e analisar representações e denúncias relacionadas à atuação e conduta dos servidores do BC. O Banco Central criou também um novo Departamento de Segurança que vai trabalhar no sentido de antecipar possíveis riscos ao patrimônio e ao desempenho das funções da instituição. A medida faz parte de um processo de ampliação da segurança do banco que vem desde 2004, mas que ganhou força após o assalto à sede do BC em Fortaleza, no ano passado.