Banco de Montreal moderniza gestão

0
0


O Banco de Montreal, instituição financeira do Canadá, simplificou e aumentou em 71% a velocidade no processamento e envio de relatórios mensais de cartão de crédito. Para chegar a esse resultado, a empresa utilizou a solução StreamWeaver, da Group1 Software, companhia subsidiária da Pitney Bowes e especializada em soluções de CCM (Costumer Communication Management).

O serviço oferecido pela instituição canadense detalha os níveis de transações realizadas por meio de relatórios mensais em papel. Após anos, com o aumento da base de clientes, a tecnologia de processamento – que era manual e utilizava a mão-de-obra de quatro pessoas – não suportava mais os volumes. O banco, que processa mais de 125.000 relatórios de cartão de crédito, necessitava de uma solução que suportasse o crescimento, aumentando a capacidade de absorver novos negócios.

Além disso, o sistema legado do banco produzia relatórios em dois diferentes programas e localidades. A adoção da solução StreamWeaver permitiu identificar e unir os dois documentos, que agora são impressos de forma digital e contínua. A partir desta integração, a instituição criou um único arquivo que pode ser impresso em uma única posição, permitindo velocidade à criação de extratos e a inserção de informações automaticamente.

Menos de dois meses depois de iniciado o trabalho de programação, o StreamWeaver iniciou a operação. A implementação, além de reduzir tempo e custo, liberou os recursos de TI da solução de mainframe. O banco estima que foram evitados mais de US$1,2 milhão em custos anuais de postagem e materiais, com a solução de StreamWeaver. A solução também eliminou erros de formatação, pois todo o trabalho é realizado por processo automatizado e por código de barras, tornando-o exato. O código de barras permite que o banco segmente extratos e que eles sejam cobrados de acordo com o departamento, facilitando a revisão do documento pelos clientes.