Banda larga, uma tecnologia em expansão

0
6


A Alcatel divulgou que os provedores de serviço em economias emergentes podem conquistar um número substancial de novos assinantes de banda larga, de acordo com a pesquisa de mercado que realizou recentemente. Mais de 70% dos usuários de cyber cafés pesquisados afirmaram que contratariam serviços de banda larga para as residências.

“Este é um mercado de forte crescimento, que está hoje no estágio inicial de adoção em vários países. Entender as necessidades dos usuários e suas expectativas em relação aos serviços de banda larga é fator chave de sucesso para os provedores, visto que estes estão se preparando para oferecer serviços de banda larga em massa”, disse Valérie Faudon, vice-presidente de programas de marketing e responsável pelo programa “Banda Larga para Todos” da Alcatel.

O estudo, realizado em agosto deste ano e encomendado pela Alcatel à empresa internacional de pesquisa LH2, entrevistou aproximadamente 3.000 freqüentadores de cyber cafés e novos usuários de banda larga em cidades regionais de sete economias em rápido crescimento: Brasil, Rússia, Egito, Quênia, Índia, China e Malásia. A pesquisa forneceu indicações sobre como os pacotes de banda larga podem ser estruturados para novos usuários, bem como os direcionamentos para a oferta de futuros serviços aos usuários que já utilizam a banda larga.

Como exemplo, a pesquisa aponta que as opções de pagamento são um importante item para inovação. Enquanto muitos responderam que gastam uma alta parcela de sua renda em serviços de comunicação, metade dos usuários nem possui conta bancária. A maioria deles são usuários de celulares pré-pagos e esperam opções similares em assinaturas de banda larga para as residências.

O estudo também dá idéias de serviços que aumentam a fidelidade e a receita (ARPU) dentre os usuários já existentes. Dentre os entrevistados, 50% usam conexões banda larga por motivos profissionais, o que indica potencial para ofertas dirigidas a esse nicho. Os usuários atuais demonstram interesse em ver mais conteúdo de vídeo e imagens, indicando o potencial para futuras adoções de pacotes com maior banda.