Bosch tem novo presidente na América Latina

0
5

A partir de março de 2003, Edgar Silva Garbade assume a presidência do Grupo Robert Bosch América Latina, substituindo o atual presidente Klaus Neidhard – que retornará para Alemanha, onde assumirá um projeto estratégico da empresa em âmbito mundial.

Em seu novo cargo, além de dinamizar a nova organização, Garbade terá como metas de seu primeiro ano à frente da empresa: fortalecer a imagem da marca Bosch e aumentar a participação de mercado em diferentes segmentos; fortalecer a responsabilidade de todas as unidades de negócio para a América Latina; aumentar a exportação de todas as unidades de negócio para a Europa e os Estados Unidos; e melhorar a competitividade das fábricas instaladas na região e a qualidade dos produtos.

Essa reestruturação segue a orientação da corporação, que há três anos iniciou o processo de alinhamento de suas divisões mundiais de negócios e suas unidades regionais, para permitir uma melhor orientação por linha de produtos. O objetivo da mudança é atender ao crescente processo de globalização que exige a fabricação e comercialização, nos países em que a Bosch está presente, com o mesmo padrão de qualidade, além de otimizar o atendimento e contato da empresa com clientes.

“Com a nova estrutura traremos mais dinamismo à empresa, garantindo que
cada unidade de negócio tenha as funções necessárias para atender mais
rapidamente seus clientes”, afirma Edgar Silva Garbade, que conta com a
experiência de ter conduzido o processo de reestruturação da Divisão
Eletrônica Automotiva Bosch.

O executivo ingressou na Bosch, em Stuttgart (Alemanha), no ano de 1976, trabalhando na área de consultoria interna da companhia. Ao longo dos cinco anos que permaneceu neste setor, teve experiências profissionais em 12 países. Em maio de 2002, assumiu cargo de vice-presidente do Grupo Robert Bosch América Latina, sendo responsável pelas operações econômico-financeiras e comerciais da Bosch e outras empresas do grupo na região.