Bovespa turbinada

0
1

A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) trouxe uma novidade que irá contribuir com as soluções de serviços que diariamente enfrentam as turbulências do mercado de negócios. Depois de uma longa peregrinação para otimizar a sua área operacional de tecnologia da informação, foi adotado a ferramenta SAAT/ME da Sondaimarés, desenvolvida com base nas disciplinas MOF (Microsoft Operation Framework). A solução está capacitada para agilizar os processos na Bovespa de acordo com sete disciplinas MOF, relacionadas por consultoria da Microsoft: gestão de help desk, de incidente, de problemas, de mudanças, de implantação, de configuração e de SLA (Service Level Agreement).

Com um documento detalhado sobre o grau de maturidade da área operacional em relação às disciplinas MOF, a gerência de serviços de informações da Bovespa, coordenada por Clodomiro Lucena, conseguiu implementar o projeto de reestruturação operacional a excelência de serviço, iniciado em outubro de 2002 e que hoje proporciona resultados positivos.

“Percebemos a necessidade de o operacional estar mais sensível às necessidades dos usuários da Bovespa, já que o tempo de resposta era lento e a análise da situação nos levou a reconhecer falhas nos processos e a urgência de ajustes”, afirma Lucena. Os principais objetivos da reestruturação eram dispor de ferramentas e processos que permtissem o aperfeiçoamento de performance e, em conseqüência, melhorar o quadro de satisfação dos usuários.

“Com nossa ferramenta, a Bovespa passou a ter informações gerenciais cruciais para o aperfeiçoamento de suas operações, a agir rápido diante dos problemas e, sobretudo, a ter uma visão integrada dos processos”, diz Carlos Motti, diretor de negócios da Sondaimarés.