Business Objects de olho nas médias empresas

0
2
A Business Objects, fornecedora de soluções de business intelligence (BI), anuncia a estratégia global para aumentar a participação no mercado de médias empresas. A companhia acaba de criar uma unidade de negócios mundial exclusivamente dedicada às médias empresas e lança uma nova linha Business Objects Crystal Decisions, totalmente focada nas necessidades do segmento.
As duas iniciativas serão a base para a conquista de novas oportunidades de negócios nesse segmento. “O BI está mais simples de usar e mais acessível às médias empresas. Acreditamos que haverá uma consolidação do middle market nos próximos 2 a 3 anos e queremos ter a liderança de mercado nesse segmento.Queremos ser a principal referência quando essas empresas procurarem por uma solução de BI”, adianta Todd Rowe, vice-presidente mundial da divisão de Middle Market da Business Objects.
A recém-criada unidade de negócios para o middle market compreende uma equipe de mais de mil funcionários – de engenheiros a marketing, de vendas a suporte -, que estará totalmente dedicada a este mercado. “É um ótimo investimento. Para nós, ele representa uma grande oportunidade de crescimento”, reforça Rowe.
Para Fernando Corbi, diretor geral da Business Objects no Brasil, as expectativas são as mais positivas para o mercado local. “Temos uma solução realmente funcional e uma estratégia focada nas necessidades do mercado das médias empresas. Com isso, estamos aptos a ajudar essas companhias a perceber e explorar todas as vantagens que uma solução de BI pode trazer às decisões de negócios”, afirma. O executivo ressalta, ainda, o cuidado da Business Objects com o conceito de pequena e média empresa, que optou por criar um caminho flexível em cada país, de acordo com cada perfil. “Como critérios básicos, avaliamos a receita anual e o número de funcionários, para melhor determinar onde começa e termina o SMB (small and medium business) de cada país”, adianta.