Cai a confiança dos empresários paulistanos

0
5



Os empresários do comércio paulistano estão menos confiantes em janeiro, segundo o Índice de Confiança do Empresário do Comércio, ICEC, apurado pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo, FecomercioSP. No primeiro mês do ano, o indicador assinala queda de 5,1%, passando dos 120,1 pontos em dezembro para 114 pontos, em uma escala que varia de 0 a 200 pontos.

 

Em janeiro, dois dos três itens que compõem o ICEC apresentaram retração. O Índice de Investimento do Empresário do Comércio, IIEC, teve declínio de 8,8% (102,1 pontos) e o Índice de Expectativa dos Empresários do Comércio, IEEC, apontou queda de 7,1% (141,5 pontos). A influência positiva ficou por conta do Índice das Condições Atuais do Empresário do Comércio, ICAEC, que registrou avanço de 2,2% em relação a dezembro, porém ainda dentro da zona de pessimismo com 98,4 pontos.

 

A queda do ICEC demonstra, segundo a assessoria técnica da FecomercioSP, que os empresários estão mais cautelosos, uma vez que o início desse ano apresenta um quadro bem diferente do observado em janeiro de 2012. Naquele mês havia a nítida intenção do governo em estimular o consumo interno para evitar a desaceleração financeira. Neste ano, o empresariado do comércio sabe que os estímulos não continuarão, o que deve causar um arrefecimento do consumo de bens duráveis e, consequentemente, consolidar um panorama menos positivo nos primeiros meses de 2013.