O canal para quem respira cliente.

Cai o poder de compra

Durante o mês de abril, de acordo com o Dimensionador do Poder de Compra (DPC), índice criado pela Cheque-pre.com, o poder de consumo dos brasileiros apresentou queda de 0,881% em relação ao mês anterior. Isto significa que 1,1 milhão de pessoas não tiveram capacidade de compra como no período anterior. O DPC resulta da análise de crédito e consumo realizada pela Cheque-pre.com, que processa aproximadamente 40 milhões de informações por mês, sendo 25 milhões relativos às consultas de cheques.
A Cheque-pre.com apurou que o valor médio dos cheques emitidos em abril foi de R$190,02. O resultado significa queda de 7,384% em relação ao valor médio dos cheques emitidos em março deste ano (R$ 205,17). Para o presidente da empresa, economista Ivo Barbiero, a diminuição do valor dos cheques demonstra que as compras são feitas mais amiúde, diversificadas tanto pela diminuição da renda e dilatação de prazos das compras, como pela sazonalidade.
De acordo com Ivo, prevê-se que, com a aproximação do Dia das Mães e do Dia dos Namorados, deva haver uma corrida dos consumidores para saldar os compromissos atrasados, a fim de estarem aptos à realização de novas compras nestas datas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima