Capacitação digital para mulheres

0
3
A Intel anuncia o “She Will Connect”, novo programa com o objetivo de ampliar as habilidades digitais de jovens mulheres nos países em desenvolvimento. O início do projeto será na África, onde a diferença entre os gêneros é maior, com o objetivo de alcançar cinco milhões de mulheres. A empresa trabalhará em parceria com ONGs e governos locais. 
Em janeiro de 2013, a Intel divulgou o relatório “Mulheres e a Web”, com dados concretos sobre a enorme diferença entre os gêneros na Internet no mundo em desenvolvimento, bem como os benefícios sociais e econômicos do acesso à Internet para as mulheres. O relatório chamou à ação das partes interessadas a fim de dobrar o número de mulheres e meninas on-line nos países em desenvolvimento ao longo dos próximos três anos. O “She Will Connect” demonstra o compromisso da Intel com esta ação, não só por fornecer habilidades de alfabetização digital para o público feminino, mas também para dar continuidade ao conceito por meio de novos e inovadores modelos.
“A Internet transformou a vida de bilhões de pessoas. Ela funciona como uma porta de entrada para ideias, recursos e oportunidades que nunca foram percebidas antes e acreditamos que a redução da diferença entre os sexos pela Internet tem um tremendo potencial para capacitar as mulheres e enriquecer suas vidas, bem como as vidas ao redor delas”, afirma Shelly Esque, vice-presidente do Grupo de Assuntos Corporativos da Intel e presidente da Intel Foundation.
O programa “She Will Connect” testará um novo modelo que integra alfabetização digital com programas de desenvolvimento:
Plataforma de Jogos Online – A empresa está desenvolvendo uma plataforma de jogos para que a entrega de conteúdo para a alfabetização digital seja feita por meio de uma abordagem interativa e envolvente para smartphones e tablets em ambientes de jogos. Dessa forma, o aprendizado pode ocorrer em um ambiente controlado, individualmente, entre dispositivos e em uma rede de pessoas na mesma situação.
Rede de Pessoas – A Intel e a World Pulse estão trabalhando juntas para integrar a capacitação digital da World Pulse aos programas de capacitação digital existentes e conectar as mulheres à uma rede de suporte segura de pessoas na mesma situação. Por meio da plataforma da World Pulse, elas podem trocar ideias, encontrar suporte, orientação e obter conteúdo relevante sob medida. Essa abordagem melhorará a alfabetização digital para que o aprendizado possa ocorrer não só como um indivíduo, mas também em um ambiente computacional compartilhado e entre pessoas na mesma situação. 
Além da África, a Intel está expandindo o seu compromisso de capacitaçã.. Na Índia, pretende atingir 1 milhão de mulheres com o programa de capacitação digital Intel Easy Steps durante o próximo ano. Na América Latina, a empresa está trabalhando em parceria com governos e organizações que oferecem alfabetização digital com foco especial em promover habilidades empreendedoras na Colômbia, México e Peru. 
Além de lançar o “She Will Connect”, a Intel está celebrando o Dia Internacional das meninas ao dar continuidade a sua forte cultura de voluntariado dos funcionários para o Global Giveback Day. Realizado pelos líderes da Rede Intel de Mulheres Executivas e pelas mulheres da Rede Intel, os funcionários colaborarão com as organizações em suporte à educação e a capacitação de meninas e mulheres. A Intel também está realizando sessões do filme transformacional Girl Rising em todo o mundo no dia 11 de outubro para aumentar a visibilidade da importância da educação para meninas. 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVoxAge lança FAQ inteligente
Próximo artigoBig data nos planos