Cemig aposta em comunicação via bluetooth

0
2



Desde o início deste ano, os consumidores da Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais) passaram a receber a visita de profissionais com coletores de dados de última geração. Fruto de um investimento de R$ 1 milhão, a novidade é resultado de uma parceria da concessionária com a CAS Tecnologia, empresa especializada em soluções de automação e telemetria. A ferramenta permite a leitura dos medidores de consumo de luz por meio da tecnologia de comunicação bluetooth – padrão para comunicação sem fio.


Antes do início do projeto, a leitura dos dados de consumo era feita por meio do display do medidor, sendo feita manualmente a coleta das informações. “A implementação desta solução garante mais agilidade e reduz a incidência de erros. Trata-se do primeiro projeto desta natureza feito em grande escala no país”, afirma Maurício Catelli, diretor da CAS Tecnologia.


Os medidores utilizados entre os grandes consumidores de energia de Minas Gerais possuem uma complexa estrutura tecnológica e oferecem um grande volume de dados. Com o uso desta nova ferramenta adquirida pela Cemig, será possível extrair todos estes dados e transformá-los em informações gerenciais que possam proporcionar um profundo conhecimento do cliente e dos hábitos de consumo.


Os coletores estão preparados para funcionar de forma integrada ao sistema de faturamento, descarregando suas informações diretamente para a base de dados e seguindo para a emissão das contas de forma transparente. Não há, portanto, necessidade de intervenção humana, o que reduz as fontes de erro no processamento. “A comunicação via bluetooth possibilita baixar os dados dos medidores eletrônicos sem a necessidade de abrir a caixa de medição. Trata-se de um novo paradigma no processo de leitura que praticamente elimina o rompimento dos lacres das caixas e cabines de instalação”, afirma o diretor da Cemig.


O próximo passo do projeto será realizar um trabalho para que a Cemig adote o uso de pontas óticas com comunicação bluetooth em todos os medidores eletrônicos, para que realmente não seja necessária a abertura da caixa de medição em nenhuma circunstância.