Cidades e estados apóiam o Dia do Cliente

0
0



A instituição do “Dia do Cliente” não pára de crescer em todo o Brasil. Todos os dias, novos projetos de oficialização são apresentados e outros são aprovados. Já chega a 76 o número de projetos de lei em todo o País. São 11 estados, 11 capitais estaduais e 54 outras cidades. Nesse cenário, destaca-se o Estado de São Paulo, que possui 26 do total de projetos que inserem a nova comemoração em “Calendários Oficiais de Eventos”. E desse número fazem parte os projetos que tramitam na Assembléia Legislativa do Estado e na Câmara Municipal da Cidade de São Paulo.

A idéia de criar o “Dia do Cliente” veio de João Carlos Rego. Segundo o idealizador, surgiu da constatação de que há dia para se comemorar de tudo, mas não havia uma data específica para se homenagear aquela figura que é a única responsável pela existência de todos os produtos e serviços, de todas as empresas, de todas as profissões e de todos os postos de trabalho do mundo: o cliente. “Costumo dizer que nossos pais nos dão a vida, mas quem a mantém é o cliente. Sem cliente ninguém sobrevive. É justo, pois, que esta figura tão importante seja homenageada com uma data especial.” De acordo com João Carlos, o objetivo com essa data é provocar uma reflexão nas empresas.

Segundo o idealizador, o “Dia do Cliente” está concebido para ser um dia de homenagens e de agradecimentos. Um dia para mostrar aos clientes o quanto eles são importantes. “Tudo aquilo que puder ser feito para reverenciar a figura do cliente é válido e será de extrema importância para a construção e consolidação da nova comemoração. É por meio do somatório de múltiplas ações que construiremos todos, juntos, uma grande comemoração. O ´Dia do Cliente´ proporciona quase que infinitas ações de marketing, pois, diferentemente de outras datas, atinge a todos, sem exceção e tanto pessoas físicas, quanto jurídicas. A intenção é que esse dia ganhe força e expressão no calendário comercial e se traduza em novas oportunidades de negócio”, explica.

Já a escolha do dia 15 de setembro para a comemoração, João Carlos explica que a decisão foi feita para não concorrer com outras datas e comemorações já consolidadas. “Como a intenção é a de que o ´Dia do Cliente´ seja festejado em todo o Brasil, era preciso levar em consideração as festas e promoções já existentes em todo o País. Setembro era o único mês do ano em que não havia nada no calendário comercial. E ainda havia um hiato nas comemorações do segundo semestre. Além disso, também, é uma singela homenagem a uma figura muito especial, que é um exemplo na construção de um atendimento de qualidade e no respeito aos clientes: o comandante Rolim, ex-presidente da TAM, que nasceu num dia 15 de setembro”, finaliza.