Cliente brasileiro sem confiança

0
17
O Índice Nacional de Confiança da Associação Comercial de São Paulo revelou que, em março, a confiança dos brasileiros quanto à economia caiu, marcando 137 pontos, ante 145 em fevereiro. A estiagem e a inflação – principalmente de alimentos – podem ser as causas. Provavelmente por esses mesmos fatores, a confiança do consumidor também diminuiu em relação ao seu emprego e à sua situação financeira futura. E caiu a intenção de compras de carros e imóveis.
 Há um ano, o INC marcava 149 pontos. Já em 2012, o índice nessa época era de 164 pontos. Mesmo com essa queda em março, o INC não tende ao pessimismo (abaixo de 100 pontos) e continua na região do otimismo (acima de 100). “A alta da inflação dos alimentos – que pode continuar em abril – afetou negativamente a confiança do consumidor em março. A incerteza climática também pode estar preocupando já que a falta de chuvas pode acarretar em dificuldades de abastecimento de água e de luz”, afirma Rogério Amato, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).
O Instituto Ipsos fez a pesquisa entre os dias 21 de março e 30 de abril em 70 cidades brasileiras – entre elas, nove regiões metropolitanas.