Como conquistar clientes na crise?

0
2
Autor: Alexandre Prado
 
A situação do Brasil não é das melhores, mas já vimos piores! Em 2015, o PIB retraiu 3,8%; o desemprego em 2016 atingiu níveis alarmantes; taxa de juros, inflação e cambio são indicadores que têm se apresentado desfavoráveis com frequência; o Fundo Monetário Internacional (FMI) prevê que o país não voltará a crescer antes de 2018. Quando há crises, a economia se retrai, as pessoas gastam menos e os empreendedores precisam usar a criatividade para, no mínimo, tentarem manter o mesmo ritmo de vendas. Ainda que o cenário inspire cuidados e atenção redobrada, a crise também traz oportunidades. Não há fórmula secreta, mas sim alguns aspectos que são eficazes em épocas críticas e que podem contribuir para manter as vendas, conquistar novos clientes e até crescer:
 
Atendimento ao cliente
O consumidor gosta de ser bem atendido e sentir que o vendedor está preocupado em seu bem estar, não só em empurrar uma venda. Um sorriso legítimo nos lábios do vendedor é fundamental!
 
Construa relacionamentos 
Cliente que se sente especial volta e recomenda. Invista em promoções de aniversários, envie uma mensagem em épocas especiais. Promova eventos temáticos, entretenimento, um café da manhã, um drink à tarde. 
Fidelize 
Além do bom relacionamento, desenvolva estratégias de fidelização e brindes. Pesquisas recentes comprovam que conquistar um novo cliente é muito mais caro e demorado do que manter aqueles que já se tem. Assim, atraia o cliente para a loja e mantenha-o com sua marca na mente.
Divulgue 
Invista em publicidade em canais variados. As mídias digitais e redes sociais são ótimos meios para se projetar, chegar ao cliente e ser visto.
Desenvolva a equipe
Em épocas de crise, os investimentos em capacitação praticamente zeram. Na verdade, deveria ser o oposto. As empresas se diferenciam da concorrência, quando suas equipes estão mais bem preparadas. O capital humano é determinante para o sucesso (ou não!) de uma empresa. Colaboradores alcançam melhores resultados quando possuem mais recursos, técnicas e se sentem realmente parte da empresa. Invista na qualificação do time! 
 
Incentive a força de vendas
Quem ganha mais, vende mais, simples assim! 
 
Crie e inove 
O mercado consumidor gosta de novidades. É preciso ser criativo e surpreender o consumidor. Reunir e ouvir a equipe de vendas em reuniões (com pauta e foco definido) para encontrar soluções, pode ser uma boa saída. 
 
Prospecte novos clientes
Prospecção deve ser inteligente. Antes de tudo, identificar o perfil do cliente que consome o produto ou serviço que a empresa oferece é fundamental. Em termos práticos, captar novos clientes pode ser realizado através de eventos focados nesse público, da divulgação para um perfil específico em redes sociais, entre outras formas. Sabendo quem se deseja atrair, os meios estão disponíveis. Saia à caça
Cuidado com o visual
Apresente um visual clean e confortável em loja. Já foi a época de ambientes lotados, abarrotados de cartazes poluindo o ambiente. O cliente não quer se sentir preso. 
Responsabilidade Social
É muito importante uma marca estar conectada a algo maior do que ela mesma. Então, mostrar que contribui para ações sociais, ajuda alguma entidade ou incentiva projetos de sustentabilidade, é bem visto pelo consumidor e pelo mercado em geral. 
 
Reveja os preços
Pode ser uma oportunidade para ajustar para baixo seus preços, ainda que em caráter temporário. Observe o que está sendo praticado pelo mercado e pela concorrência. 
 
Comportamentos
Além de conhecimentos técnicos é importante desenvolver capacidades comportamentais e emocionais da equipe. Uma atitude mental positiva, aliada à agilidade, criatividade, boa vontade, proatividade e empatia representam aliados poderosos para manter ou conquistar novos clientes. 
 
Pós-venda
Um atendimento cordial e efetivo, seguido de um pós-venda atencioso é matador para um cliente voltar. 
Alexandre Prado é coach e presidente do Núcleo Expansão