Compera projeta faturar R$10 milhões em 2007

0
2


A Compera – empresa do mercado de Internet móvel brasileiro – faturou R$ 6 milhões em 2006 e comemora um crescimento de 55%. De acordo com o CEO, Fabrício Bloisi, a empresa atingiu a expectativa de crescimento. “Acreditamos que continuaremos crescendo nessa velocidade e esperamos atingir R$ 10 milhões de faturamento em 2007”, revela o executivo.

Segundo a Anatel, há mais de 100 milhões de linhas telefônicas móveis ativas no país, das quais cerca de 50 milhões possuem terminais com acesso a conteúdo WAP. Para compensar a desaceleração gradual no crescimento de sua base de usuários e a redução nos preços dos serviços de voz, as operadoras de celular apostam nos chamados serviços de valor adicionado (VAS). Elas também precisam de eficácia nessa estratégia já que esses serviços ainda têm participação pequena na receita total, cerca de 8% em 2006. Em sintonia com este contexto está as soluções da Compera. Daí a grande expectativa.

O crescimento dos serviços de VAS no Brasil, de acordo com o Desempenho Econômico Financeiros das Operadoras de Celular divulgado no site Teleco, passou de 5,5% no primeiro trimestre de 2005 para 7% no primeiro trimestre de 2006 e continua crescendo. “A Compera se posicionou recentemente como provedor completo de serviço e esta área está crescendo muito rapidamente. Tivemos um crescimento de 170% sobre o faturamento de 2005 e projetamos para 2007 a mesma taxa de crescimento. A Compera espera ser uma das três maiores empresas de VAS do Brasil até 2008”, revela Fabrício.

No mercado de mobilidade corporativa, a Compera comemora ainda a conquista de 10 novos clientes no ano passado, entre eles a Webb, Atlas Schindler, Brinks, Medcall e Global Rescue. “Obtivemos também um crescimento de 21,2 % de licenças, ou seja, temos agora quatro mil aparelhos celulares em operação utilizando o Dispara, nossa solução para comunicação entre empresas e seus colaboradores em campo, utilizando dispositivos wireless. Para 2007, nossa expectativa é consolidar nossa liderança nas verticais de Gás, Elevadores e Logística & Transportes, atendendo também operações de clientes corporativos nos demais países da América Latina”, revela o vice-presidente de negócios da Compera, Fábio Póvoa.