Confiança brasileira é a que mais cresce

0
1

Nem os sinais de queda da atividade econômica desanimam o consumidor brasileiro, como ficou claro em pesquisa realizada pela Nielssen em 56 países. Segundo o levantamento, a confiança do brasileiro foi a que mais cresceu no terceiro trimestre nessa amostragem. A pesquisa referente ao período julho-setembro mostrou que a confiança do consumidor brasileiro subiu 16 pontos percentuais em relação ao segundo trimestre (de 96 para 112 pontos).
O levantamento, porém, indicou uma piora na confiança global com a economia, com uma queda de um ponto no índice global, que ficou em 88 pontos. O estudo da Nielsen mostrou também um aumento de 65% para 78% na proporção de brasileiros que consideram boas ou excelentes as perspectivas de suas finanças pessoais para 2012.