Cresce consumo de marcas locais e próprias

Pandemia faz mudar o comportamento de consumo do brasileiro

0
1

O contexto macroeconômico que surgiu com a pandemia do novo coronavírus foi determinante para profundas mudanças no comportamento de consumo do brasileiro, especialmente no que se refere ao crescimento das marcas locais e próprias. É o que mostra a segunda edição de 2020 do estudo Consumer Insights da Kantar. As marcas próprias tiveram bom desempenho, conquistando mais de 2,2 milhões de novos compradores no primeiro semestre desse ano, passando de 29% de penetração em junho de 2019 para 33% no mesmo mês de 2020, e com 22% de variação positiva em unidades.

Entre os meses de abril e junho, em comparação com o mesmo período do ano passado, as marcas locais ganharam ainda mais força, passando de 65% para 66% de representação em valor no mercado nacional, impulsionadas principalmente pelos consumidores das classes C (donas de casa de 30 a 39 anos) e ganhando importância em lares DE e de lares mais jovens, com destaque para as regiões da Grande Rio de Janeiro e das regiões Norte e Nordeste. Marcas locais no Brasil se concentram sobretudo nos setores de alimentos, lácteos/substitutos e limpeza, com preço médio 7% menores do que as marcas globais.