Cresce demanda de certificados digitais

0
8


Ao completar dez anos, a Certisign juntou-se ao Ibope Solution para realizar a primeira pesquisa sobre a evolução e as tendências de mercado da tecnologia no país. O levantamento de caráter qualitativo foi realizado entre maio e junho deste ano. Ao contrário do que pudesse se imaginar, a pesquisa constatou que as pessoas mais indicadas para falar sobre o relacionamento com a certificação digital não eram da área estratégica, como diretores ou proprietários, mas da área operacional, ou seja, gerentes, analistas, auditores e contadores. Adicionalmente, descobriu-se que os contadores e analistas fiscais são os principais alavancadores da tecnologia dentro das empresas, liderando o processo e fazendo a escolha por fornecedores e tipos de certificado.

O Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC) da Receita Federal tem impulsionado significativamente a adoção da certificação digital no Brasil. Atualmente, ele permite, por exemplo, que o contribuinte acompanhe o andamento da declaração de Imposto de Renda pela rede, obtenha cópia de declarações, cópia de pagamentos, realize retificação de pagamentos, negocie parcelamento, pesquise sua situação fiscal, realize transações relativas ao Sistema Integrado de Comércio Exterior, além de alterar seus dados cadastrais.

Para a grande maioria da amostra, a certificação digital remete a associações muito positivas, tais como: segurança, praticidade, agilidade, eliminação da burocracia e intermediários, fiscalização e modernização dos órgãos públicos. Vale destacar, entre os benefícios percebidos, a redução de custo e ganho de tempo, sobretudo na troca de informações com a Receita Federal; e a valorização das empresas honestas, já que a tecnologia possibilita a confiabilidade quanto à autenticidade das informações transmitidas.

Já a tomada de decisão para aquisição de um certificado digital está baseada, principalmente, na relação custo x benefício dos modelos disponíveis. O preço do certificado não é fator impeditivo para aquisição da tecnologia, já que depois de emitido o valor é rapidamente percebido.

A percepção dos entrevistados sobre o futuro da certificação digital no Brasil é otimista, partindo do pressuposto de que a tendência é a ampliação dos serviços de Governo Eletrônico (e-gov) baseados na tecnologia. Com isso, deverá haver conseqüentemente a eliminação dos processos em papel, diminuindo a burocracia e preservando a natureza.