O canal para quem respira cliente.

Cresce outsourcing de TI na AL

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin



O Gartner, empresa de pesquisa e aconselhamento sobre tecnologia, divulga projeção de crescimento de 6% nos gastos em outsourcing de TI na América Latina em 2009. A expectativa de crescimento na região contrapõe os dados globais, que indicam queda de 4,3% nos orçamentos das empresas para contratação de serviços de TI, incluindo BPO.

 

Embora o valor monetário em dólar de gastos com serviços deva cair cerca de 15% na América Latina, a redução reflete a desvalorização da moeda norte-americana em relação às moedas locais. Considerando-se uma cesta de moedas latino-americanas, com o real e os pesos mexicano e argentino, o aumento nos gastos confirma o maior volume de serviços contratados em 2009 na região.

 

“Se observarmos apenas o real, a moeda mais forte dessa cesta, o crescimento é ainda maior. A estimativa é que o mercado brasileiro de outsourcing de TI cresça entre 10% e 12% neste ano”, afirma Cassio Dreyfuss, vice-presidente de pesquisa do Gartner. A pesquisa considera os valores a partir dos orçamentos de TI das empresas, e não a partir das receitas dos fornecedores de serviços.

 

Entre os setores de TI, o outsourcing de redes é o que apresenta maior crescimento, com previsão de aumento de 8,5% nos gastos na América Latina. “Os processos nas empresas estão se tornando cada vez mais dependentes de estruturas de redes e os ganhos com outsourcing em telecom são indiscutíveis para a companhia usuária”, explica Dreyfuss. A previsão para a região ainda aponta aumentos de 5,4% e 5,3% nos gastos com outsourcing de desktops e data centers, respectivamente, e crescimento de 5,2% e 5% para os serviços de BPO e outsourcing de aplicações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima