Crescimento atípico, mas bem-vindo

0
2



Historicamente, das datas comemorativas, o Dia dos Pais é uma das que menos movimento o varejo. No entanto, esse ano deve ser diferente. Essa é a expectativa de Fernanda Della Rosa, assessora econômica da FecomercioSP, Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo.

 

Em entrevista exclusiva, ela projeta crescimento nas vendas entre 4% e 5% em relação ao mesmo período do ano anterior, que corresponde à semana de vendas que antecede a data. No Dia das Mães, a segunda maior data para o comércio, o faturamento cresceu 4,4%, enquanto no Dia dos Namorados, a alta foi de 4%.

 

A assessora justifica a previsão com o comparativo realizado pela entidade de algumas pesquisas, como de disponibilidade de renda, inadimplência e comprometimento de orçamento. “Verificamos que o brasileiro está chegando no varejo com uma boa capacidade de consumo”, comenta. O ticket médio deve ficar em R$ 65,00, também acima das outras duas datas comemorativas.

 

Confira também as dicas que Fernanda Della Rosa dá aos varejistas para aumentarem as vendas para o Dia dos Pais.