DDA atinge 5 milhões de cadastrados

0
1



O DDA (Débito Direto Autorizado), serviço introduzido pelo setor bancário em outubro de 2009, alcança a marca de 5 milhões de clientes cadastrados, movimentando 230 milhões de boletos eletrônicos. “O resultado reforça a importância do DDA e mostra como um produto novo tem aceitação do público, especialmente por ser totalmente eletrônico”, diz Walter Tadeu de Faria, diretor adjunto de Serviços da Febraban.


A expectativa é que esse número dobre nos próximos 12 meses, superando os 10 milhões de clientes cadastrados. “Estamos fazendo todos os serviços nesse sentido”, observa Tadeu de Faria.


O serviço foi idealizado pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos) e tem como operadora a CIP (Câmara Interbancária de Pagamentos). Oferece uma série de vantagens tanto para o cliente, pessoa física ou jurídica, que irá quitar a cobrança registrada (ou seja, o sacado), como para quem emite (o cedente).


Para o sacado, os benefícios incluem a maior facilidade de controle dos boletos a pagar, redução de documentos para manusear – em especial no caso das empresas – e a certeza de recebimento de boletos dentro do prazo esperado. O cedente, por sua vez, terá maior controle do fluxo das cobranças emitidas e a garantia de entrega dos boletos.


O acesso aos boletos eletrônicos dispensa o recebimento do documento impresso. Basta apenas fazer o cadastramento nos bancos. São 32 bancos que operam o DDA, responsáveis por 99,2% do volume de boletos emitidos no mercado. Os boletos ficam disponíveis nos canais eletrônicos desenvolvidos pelas instituições financeiras.