O canal para quem respira cliente.

Dentro do padrão exigido

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

A Cadmus, empresa especializada em soluções web, está oferecendo a solução Cadmus AdBulas, voltada para a indústria farmacêutica. A solução ajuda a transformar o conteúdo digitalizado das bulas de medicamentos para o padrão estipulado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o Bulário Eletrônico, lançado pela agência na última semana. Segundo resolução da Anvisa, as indústrias têm seis meses para adequarem todas as suas bulas a esse padrão.
A solução, que é oferecida para o cliente em modelo ASP (Application Service Provider), automatiza o padrão exigido pela Anvisa para a organização das informações, e permite que os usuários insiram os dados e montem sua bula digital com facilidade. O sistema também transforma o arquivo para a extensão XML, que é o padrão escolhido, e promove o envio do arquivo para a Agência. Além disso, o Cadmus AdBulas funciona como um gerenciador de bulas, permitindo que a empresa cadastre ali todas as suas bulas e gere arquivos também nos formatos TXT e HTML. Outro benefício da solução é permitir o acesso simultâneo de vários usuários.
De acordo com Augusto Camargo, CEO da Cadmus, os pontos fortes da solução são a praticidade e a agilidade que ela proporciona. “As empresas farmacêuticas já estão se esforçando para se adequarem à nova legislação e ainda têm muito trabalho a fazer. Com o Cadmus AdBulas conseguimos suprir essa necessidade, oferecendo uma solução que facilita e agiliza o trabalho de adaptação”, explica.
O lançamento do Bulário Eletrônico, na última semana, marcou o início da contagem de seis meses para que toda a indústria farmacêutica adeque as bulas de seus medicamentos aos critérios estipulados pela resolução Nº 140 da Anvisa, publicada em junho de 2003. A medida visa padronizar o conteúdo das bulas e facilitar seu entendimento por parte de médicos e usuários. Além do Bulário Eletrônico, que já conta com bulas de 558 medicamentos, a agência lançou também o Compêndio de Bulas de Medicamentos, versão impressa do bulário que será distribuída gratuitamente a hospitais-sentinela, bibliotecas públicas, órgãos de defesa do consumidor, entre outros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima