Desaceleração prosseguirá neste semestre

0
2

O Indicador Serasa Experian de Perspectiva Econômica recuou 0,1% em junho de 2011 frente ao mês imediatamente anterior, atingindo o valor de 99,1. Foi a oitava queda mensal consecutiva deste indicador.   Como, pela sua metodologia de construção, este indicador tem a propriedade de antever os movimentos cíclicos da atividade econômica com seis meses de antecedência, esta sequencia de quedas mensais (o indicador acumula variação negativa de 1,0% desde outubro/2010) revela que o processo de desaceleração do crescimento econômico prosseguirá ao longo de todo o segundo semestre de 2011.
Segundo os economistas da Serasa Experian, o agravamento do cenário internacional, reduzindo a demanda externa, e o atual quadro de restrições monetárias e fiscais, impactado a demanda doméstica, produzirão um ritmo de crescimento econômico abaixo do potencial (cerca de 4,5% ao ano) ao longo do segundo semestre de 2011, sinalizado pela manutenção do Indicador Serasa Experian de Perspectiva Econômica abaixo do nível 100.
Vale notar que a manutenção, ainda que temporária, do crescimento econômico abaixo do potencial é necessária para se promover alívio na inflação, fazendo-a convergir, no médio prazo, à sua trajetória de metas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorViver é aprender
Próximo artigoBV lança solução Cobrança Integrada