Design Thinking, conhece?

0
1



O conceito de design thinking vem ganhando espaço no atual campo de discussões sobre gestão e estratégias corporativas. Sua visão mais ´humana´, centrada no usuário, com foco na inovação e na criatividade como forma de resolver problemas tem chamado a atenção tanto de estudiosos quanto de gestores. Para discutir o assunto em um contexto próprio da cultura de gestão brasileira, o livro “Design thinking Brasil: empatia, colaboração e experimentação para pessoas, negócios e sociedade”, da Elsevier, apresenta casos de aplicação no País. O livro traz ainda um ´kit de ferramentas´, desenvolvido para ajudar o leitor a começar a aplicar o design thinking em seus projetos.

 

Escrito por Tennyson Pinheiro e Luis Alt, sócio-fundadores da live|work no Brasil, em parceria com Felipe Pontes, a publicação defende a necessidade de uma nova abordagem quanto à experiência do cliente e à qualidade das interações com ele. Como os autores buscam demonstrar, a empatia, a experimentação e a colaboração devem ser parte integrante da cultura de qualquer negócio que queira inovar e se manter competitivo e relevante no atual cenário sócio-econômico. “Mais do que uma metodologia, o Design Thinking é um novo jeito de pensar e abordar problemas, um novo modelo mental. Essa abordagem, centrada nas pessoas, pode ser aplicada a organizações empresariais, sistemas de atendimento, métodos de educação, sistemas políticos, modelos de ajuda humanitária, sistemas de transportes, serviços de varejo e relações sociais”, pontuam Alt e Pinheiro, no livro.

 

Serviço
Título: Design thinking Brasil: empatia, colaboração e experimentação para pessoas, negócio e sociedade
Autores: Tennyson Pinheiro e Luis Alt
Editora: Elsevier
Número de páginas: 248
Preço: R$ 59,90