Dia das mães surpreende comerciantes

0
0
Quem ganhou o melhor presente neste Dia das Mães foi o comerciante paulistano. Segundo a sondagem realizada pela Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomercio), a data registrou um aumento de 1,6% em comparação ao ano anterior. Este resultado superou a expectativa do comerciantes, que esperavam um crescimento de 0,9%. É importante ressaltar que esse resultado é 0,7% menor que o verificado no mesmo período de 2006, quando a alta tinha sido de 2,3%. Na análise da entidade, este comportamento deve-se ao índice de endividamento, que na cidade de São Paulo atinge 62% da população.
O cartão de crédito foi a forma de pagamento preferida por 55% dos consumidores paulistanos neste Dia das Mães. Este dado contraria a pesquisa realizada antes do último final de semana, na qual 65% dos entrevistados afirmavam que fariam seus pagamentos à vista (dinheiro, cheque ou cartão de débito).
Dentre todos os segmentos, o que teve melhor resultado foi o de duráveis, com aumento de 1,7%, enquanto em semiduráveis, o incremento nas vendas foi de 1,5%. Os dois resultados superaram as expectativas dos comerciantes, que esperavam um crescimento de 1,4% nas vendas de produtos duráveis e 0,4% nos semiduráveis. Já os estoques ficaram iguais aos do ano passado em 67% das empresas pesquisadas.
Quanto as estratégias utilizadas pelos comerciantes para atrair clientes, a pesquisa indicou que 59% deles não realizaram nenhum tipo de promoção, contra 41% que realizaram. Destes, 54% ofereceram descontos especiais, principalmente o setor de duráveis (62%). Além disso, boa parte das empresas pesquisadas (62%) não investiu em nenhum tipo de ação publicitária.