O canal para quem respira cliente.

E as compras de Dia dos Pais?

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
O site comparador de preços Kuantokusta, em parceria com a Netquest, desenvolveu uma pesquisa com o objetivo de traçar o comportamento de compra para o Dia dos Pais. Divididas entre pais e filhos, ela foi realizada no período de 25 de junho a 1º de agosto. O levantamento ouviu 548 filhos e a maioria, 26%, respondeu que pretende gastar de R$ 101 a R$ 200 com o presente do Dia dos Pais no próximo domingo, dia 11. 
Outra parcela considerável, composta por 21% dos respondentes, disse que gastará um valor entre R$ 50 e R$ 100. Ao serem perguntados sobre qual foi o valor do presente do Dia das Mães deste ano, a maioria, representada por 25% do total, respondeu que foi de R$ 101 a R$ 200. O levantamento também contou com a participação de 321 pais e, a maioria deles, 25%, imagina que o valor gasto com o seu presente está entre R$ 101 e R$ 200, exatamente o que os filhos pretendem desembolsar. 
“É cultural pensar que o preço do presente das mães é sempre mais caro do que o dos pais, já que existem muito mais opções de compra para mulheres. Os presentes dos homens não variam muito; geralmente são camisas, calças, sapatos ou algum produto eletrônico, mas isso não quer dizer que esses produtos sejam mais baratos”, avalia Flávio Pagotto, CEO do Kuantokusta.
Além dessa informação, a pesquisa também trouxe outros dados relativos às compras para a data. Como já acontece em outras datas comemorativas, os eletrônicos são os produtos que mais atraem, sendo o desejo de 68% dos pais e a intenção de compra de 42% dos filhos. Mais da metade dos pais, 51%, prefere que os filhos escolham os seus presentes, 24% gostam de escolher o que vai ganhar e 22% optam por entrar em um consenso com os filhos. 
Quando perguntados sobre onde vão comprar os presentes dos pais, as lojas físicas vencem a batalha por uma diferença de 4%, tendo a preferência de 25% dos entrevistados contra 21% das lojas online. 52%, no entanto, ainda não sabem onde vão comprar o presente e consideram as duas opções de comércio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima