E-Commerce discute logística em evento

0
3



A logística no e-commerce, apesar de trabalhosa, é mais simples do que parece. Assim saíram pensando os participantes da Conferência Técnica E-Commerce Brasil Logística, que aconteceu nessa terça-feira (15), no hotel Blue Tree Towers, em São Paulo. O evento foi o primeiro de uma série de quatro eventos com caráter técnico, promovidos pelo Projeto E-Commerce Brasil, que tem como objetivo desmembrar e aprofundar pontos estratégicos da cadeia de comércio eletrônico.


O encontro reuniu cerca de 250 lojistas on-line já atuantes em todo o Brasil, fornecedores de e-commerce e profissionais especializados na área. Os especialistas debateram temas importantíssimos, como back office, estoque, nota fiscal eletrônica, segurança na operação, logística reversa e a polêmica lei da entrega na hora marcada.


“Todo bom e-commerce deve possuir uma boa base, um eficiente back office”, de acordo com Fabiano Silva, sócio-diretor da KPL Soluções. “Deve haver uma integração muito grande entre back office e estoque. Muitas lojas às vezes perdem cliente e vendas por conta dessa falta de sintonia e organização. Quando a loja on-line recebe um pedido, mesmo que ele ainda não tenha sido certificado no pagamento, este produto tem que ser separado no estoque. Tudo deve estar inteiramente alinhado”, explica Silva.


Após todo o processo de BackOffice e estoque, é hora de enviar o produto ao cliente, e esse momento alguma vezes chega a ser crítico. Muito da satisfação do cliente está na etapa da entrega de sua compra on-line. Segundo Alex do Nascimento, gerente corporativo de E-Commerce dos Correios, são três pontos importantes e um crucial na hora da entrega. “Tanto para a segurança, quanto para a entrega ao cliente, o e-commerce deve passar descrições do produto, destino e prazos corretos, pontos que são extremamente importantes. No entanto, o que poucos percebem, mas é vital, são as informações corretas. O cliente quer saber onde o produto dele se encontra. O rastreamento da aquisição o deixa mais confortável por saber pontualmente os passos do ciclo, desde a separação do produto até a porta da casa dele”, afirma Nascimento.