e-Consulting divulga estudo sobre investimentos em TI para 2004

0
13

A e-Consulting, boutique digital de conhecimento em criação, desenvolvimento e implementação de estratégias competitivas e serviços para grandes corporações, anuncia novo estudo sobre investimentos em TI (Tecnologia da Informação) no país em 2004.

De acordo com a e-Consulting, as empresas nacionais investirão, no decorrer deste ano, US$ 19 bilhões em tecnologia – valor 8,5% maior do que os US$ 17,4 bilhões desembolsados em 2003. Com crescimento de 9,8% em relação ao ano passado, o setor de Serviços representará em 2004 a maior fatia dos investimentos em TI – US$ 8,8 bilhões, montante equivalente a 46,5% do total.

“Isso se deve principalmente ao fato de os investimentos em infra-estrutura, software e hardware já terem sido razoavelmente resolvidos no período de 2000 a 2003. Assim, resta às corporações implementarem os projetos e as soluções adquiridas”, explica Daniel Domeneghetti, diretor de estratégia e conhecimento da e-Consulting e vice-presidente de Conhecimento e Métricas da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (Camara-e.net).

Já os investimentos em Software, prevê a e-Consulting, deverão chegar este ano a US$ 3,4 bilhões – o que representará um crescimento de 7,8% em comparação a 2003 e 17,7% do total. “A indústria brasileira de software é reconhecida pela forte atuação no mercado de aplicativos (ERP, CRM, Internet entre outros), atendendo principalmente os setores financeiro, automotivo, de varejo e telecomunicações”, afirma Domeneghetti.

A E-Consulting também calcula que as empresas brasileiras investirão em Hardware 6,8% a mais do que em 2003, alcançando este ano US$ 6,8 bilhões – o correspondente a 35,8% do total. “O déficit comercial gerado pelas importações de componentes eletrônicos ainda é um dos pontos a serem melhorados no Brasil. Por isso, o desenvolvimento deste setor é de fundamental importância para a indústria nacional de hardware”, analisa Domeneghetti.

“O mercado de componentes eletro-eletrônicos precisa se consolidar para que novas tecnologias sejam desenvolvidas, fornecendo suporte à soluções de software que destacam o Brasil perante o mundo todo, como aplicações financeiras (SPB), aplicações de e-Gov (Imposto de Renda Online e voto eletrônico) e aplicações do setor automotivo (Supply Chain Management e venda de automóveis pela Web)”, acrescenta Domeneghetti.

Segundo a e-Consulting, os investimentos em TI na América Latina totalizaram US$ 32,2 bilhões em 2003 e devem chegar a US$ 33,8 bilhões este ano. Nos Estados Unidos, somaram US$ 418,6 bilhões no ano passado e devem alcançar US$ 435,3 bilhões em 2004. Em todo mundo, os valores devem passar de US$ 872 bilhões, em 2003, para US$ 906,9 bilhões este ano.