E-mail marketing: uma ferramenta poderosa

0
1



Autor: Kedma Lage Carvalho


Um estudo realizado pela SeeWhy Software divulgou, em maio de 2011, que a principal fonte de tráfego ao carrinho de compras de diversos sites de e-commerce nos Estados Unidos foi o e-mail marketing. Esse estudo foi elaborado com base em 60 mil transações concluídas. O e-mail marketing bem trabalhado, com algumas boas práticas, torna extremamente eficientes as vendas de e-commerce, com baixo custo e alto retorno.


Veja alguns passos para ter um resultado positivo:


1) Qual a origem da sua lista?


Quando a empresa envia um e-mail marketing de uma base de usuário a esmo, ou comprando listas sem saber a procedência, a taxa de conversão será ínfima. Quando se tem uma base de clientes op-tins e de público segmentado, o retorno de conversão poderá ser três vezes maior.


2) Palavras proibidas
Na construção da arte para o e-mail marketing, as palavras inseridas são de extrema importância. Não se deve usar,  por exemplo: newsletter, news, e-mails, todos os direitos reservados, grátis, promoção, sigilo absoluto, entre outras. Evitando as palavras proibidas, a probabilidade de entrega de e-mail marketing é bem expressiva.


3) E-mail marketing não é revista
A arte de newsletter bem feita em um e-mail marketing deverá ter 60% de texto e 40% de imagem, e tem que ser em código HTML.


4) Retorno de reputação
Muitas empresas, por envio indevido de e-mails e compras de listas sem procedência, prejudicam a reputação do seu domínio, podendo, assim, tê-lo bloqueado por minutos ou dias e entrar para as black lists, tornando sua imagem negativa para os clientes.


5) Qual a reputação do Provedor
Existem inúmeros provedores, mas você deve escolher um que tenha reputação positiva no mercado, com centenas de ip’s, links dedicados e gerenciamento.


6) Frequência de envio
É muito importante que haja um planejamento de envio de e-mail marketing: quantos dias na semana, qual o melhor horário, a velocidade e o volume de disparo. Não será positivo enviar um milhão de e-mails em um único horário. Tudo isso interfere no resultado da entregabilidade. E-mail marketing bem feito não é quantidade, e sim qualidade. Pesquise o melhor horário para envio.


Faça alguns horários diferentes e observe a média de resposta.


Neste artigo você aprendeu algumas boas práticas do e-mail marketing. Com planejamento, conhecimento e um pequeno investimento, pode transformar esta ferramenta em um grande aliado, conquistando excelentes resultados de venda.


Bons Negócios.


Kedma Lage Carvalho é gerente de contas estratégicas da Zipcode.