O canal para quem respira cliente.

São Paulo, Brasil - 28 de janeiro de 2022, 14:07

Eli Lilly alinha ambiente de TI

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Usuária das soluções Veritas em todas as unidades espalhadas pelo mundo, a Eli Lilly, indústria norte-americana que atua há 128 anos no mercado farmacêutico, precisava alinhar o ambiente de TI da subsidiária brasileira com a padronização das ferramentas de backup. A solução foi investir num projeto desenhado e implantado pela integradora 2S, que foi indicada pela Veritas como o parceiro melhor qualificado tecnicamente para as necessidades da Lilly.
Todas as noites a área de TI da empresa realiza o backup de 200 GB na atualização dos dados que foram alterados ou inseridos durante o dia. E nos finais de semana são 1.5 Terabyte de backup completo dos 450 usuários da subsidiária paulista – composta pela fábrica e a matriz administrativa no país. “O maior ganho com a implantação da solução da 2S e da Veritas foi diminuir o tempo diário de cópias de 20 horas para 6 horas e nos finais de semana a redução foi de 50% no procedimento”, afirma o responsável pelo projeto na Eli Lilly, Ulysses Galasso.
De acordo com Galasso, a solução permite um gerenciamento melhor e uma maior performance no tempo dos profissionais envolvidos no processo de backup. “Entre as funcionalidades, a mais importante é a geração de relatórios de como foi o procedimento de cópia. Antes, essa análise era feita diariamente de forma manual. Outro ponto importante é em relação ao restore, recuperação dos dados, que atualmente é feito em menos de 10 minutos”, avalia o executivo.
Como parte do projeto, a companhia também trocou uma library da Compaq com tecnologia de fita DLT por um equipamento da HP que utiliza fitas LTO. “A grande vantagem de substituir a ferramenta para as soluções da Veritas utilizando LTO é que estamos padronizados com as outras unidades e temos a garantia de continuidade da tecnologia de backup”, afirma Galasso.
Também foi solicitado à 2S a atualização da infra-estrutura da rede da companhia que passou de 100 Mbps para 1GBps para que o ambiente estivesse melhor preparado para a nova solução de backup.
Nos planos do departamento de Tecnologia da Informação da Lilly está a implantação, dentro de 6 meses, de uma SAN (Storage Area Network), o que permitirá o processamento de todos os dados e o backup por meio de fibra óptica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima