Empresas investem em Linux

0
2

A Oracle anunciou a criação de uma organização de desenvolvedores, de todo o mundo, baseados em Linux. Hoje, são mais de nove mil desenvolvedores prontos para criar produtos Oracle no sistema operacional Linux.
Depois de ter lançado uma iniciativa mundial, no ano passado, a fim de estimular a migração de cinco mil desenvolvedores para o Linux, a empresa antecipa que, até o fim de 2004, toda a sua equipe de desenvolvimento central estará adotando o sistema operacional. Com o Linux, os desenvolvedores Oracle dispõem de uma ampla variedade de plataformas de hardware.
“No decorrer do ano passado, registramos um grande aumento na adoção de Linux”, garantiu Wim Coekaerts, diretor de engenharia Linux da Oracle Corporation. “As empresas passaram a usar o Linux para tudo – desde o desenvolvimento de produtos até a execução de sistemas de missão crítica. E, agora, estão utilizando-o também no desktop”, afirmou. Segundo o especialista, ao criar todos os produtos Oracle sobre o Linux, os custos de desenvolvimento da empresa caem e a produtividade aumenta. Além disso, é possível avaliar a experiência dos clientes Oracle ao executar seus produtos em Linux. “Isso nos permitiu melhorar nossa capacidade de resposta e prever as necessidades dos clientes”, acrescentou o executivo.
A migração global da equipe de desenvolvimento central da Oracle para o Linux ilustra a força que esse sistema operacional ganhou no meio corporativo, sendo também uma prova do investimento contínuo da empresa nessa plataforma.