Exportações para países árabes sobem 100%

0
11

Para os 22 países que compõem a Liga Árabe, as vendas externas brasileiras aumentaram mais de 70% As exportações brasileiras para oito dos 22 países que compõem a Liga Árabe cresceram mais de 100% de janeiro a julho deste ano em relação ao mesmo período de 2003. De acordo o presidente da Câmara de Comércio Árabe Brasileira (CCAB), Paulo Sérgio Atallah, as vendas externas do Brasil para esses oito países passaram de US$ 295 milhões para US$ 740 milhões. O “clube dos 100%”, como o presidente da CCAB denominou o grupo de oito países que mais cresceram, é formado por Argélia, Iraque, Jordânia, Kuwait, Marrocos, Síria, Sudão e Tunísia.

Os destaques foram Síria, que passou de US$ 15 milhões para US$ 107 milhões (613%), Tunísia, de US$ 15 milhões para US$ 67 milhões (347%), Sudão, de US$ 4 milhões para US$ 16 milhões (300%), Iraque, de US$ 18 milhões para US$ 57 milhões (217%), Argélia, de US$ 83 milhões para US$ 170 milhões (105%), Jordânia, de US$ 15 milhões para US$ 31 milhões (107%), Kuwait, de US$ 38 milhões para US$ 76 milhões (100%), e Marrocos, de US$ 107 milhões para US$ 214 milhões (100%). Entre janeiro e julho de 2004, as exportações brasileiras para os 22 países que compõem a Liga Árabe totalizaram US$ 2,202 bilhões, um aumento de mais de 70% em relação ao mesmo período no ano passado, que registrou US$ 1,3 bilhão.