Fecomercio vê melhoria nas vendas no varejo

0
2


Apesar dos indicadores de operações de crédito do Banco Central apresentarem 12,9% de queda em relação ao mês anterior, quando se faz uma análise da média diária do crédito concedido o resultado é bastante diferente, conforme aponta a Federação do Comércio do Estado de São Paulo. Segundo a entidade, em fevereiro, as concessões diárias de empréstimos para pessoa física subiram 6,5% em relação a janeiro e, 9,3% ante ao mesmo período do ano passado. Esse crescimento ocorreu principalmente nas operações com cartão de crédito e de financiamento de crédito pessoal. Com isso, a Fecomercio avalia que poderá haver melhoria nas vendas em alguns segmentos, como supermercados e vestuário.

A entidade acrescenta ainda que a ligeira queda nas taxas de juros cobradas pelos bancos, para empresas e consumidores, já era esperada, em função da queda da Selic. Mas, a Fecomercio ressalta que estas taxas ainda são altas, muito distante de um bom patamar para o varejo, que tem sido estimulado principalmente pela facilidade e aumento de crédito ao consumidor.