Gente que faz

0
2


Pode haver um ponto em comum entre o empresário Abílio Diniz e o cantor Roberto Carlos; o escritor Paulo Coelho e a cantora Ivete Sangalo; o empresário Antonio Ermírio de Moraes e o jogador de futebol Cafu? Um apenas não, mas sete. Todos eles são verdadeiros empreendedores e para isso souberam superar os sete erros comuns à carreira de quem quer ver o negócio ir à frente. São eles: comodismo; medo de mudanças; prepotência; hábito de transferir a culpa para os outros; falta de planejamento; desperdício de tempo e hábito de trabalhar sem paixão.

A tese é do consultor, especialista em mercadologia, e responsável pela metodologia do Empretec – programa de treinamento para capacitação de profissionais do Sebrae, Luiz Fernando Garcia, detalhada em seu livro “Gente que faz”, lançado pela Editora Gente. Segundo o especialista, alguns estudos internacionais sobre empreendedorismo associam essa capacidade à carga genética. Algo entre 3% e 5% da população mundial nascem para se tornarem grandes realizadores se forem estimulados, na infância e adolescência, a ter iniciativa e autonomia. Mais de 90% da população então nunca será um empreendedor? De maneira alguma. Para Garcia, qualquer pessoa pode absorver características dos grandes empreendedores. É nesse ponto que se faz necessário diferenciar a personalidade empreendedora da conduta empreendedora.

O livro evidencia que a conduta correta pode ser baseada no desenvolvimento e aplicação de doze atitudes entre elas: saber que realizar não é um mar de rosas; aprender a flexibilizar, sem perder o rumo; construir planos de retirada, nunca de fuga; buscar o redirecionamento constantemente; desenvolver iniciativa além de saber ouvir as pessoas e dizer o que precisa ser feito.

Segundo o especialista, há uma maneira bem fácil de por em prática essas atitudes. Tudo começa com o uso de um caderno Orientado para Resultado (OR). Um instrumento desenvolvido por Garcia que auxilia a quem quer ser um empreendedor e vencer no mundo dos negócios a refletir sobre projetos de vida, organizando primeiro no papel, de forma objetiva e sistematizada, depois partir para ação. O instrumento aumenta em até 60% a capacidade de realizar metas e ajuda a programar o usuário a dizer não, colocar foco e a agir guiado por objetivos.

Ficha Técnica
Título: Gente que Faz
Autor: Luiz Fernando Garcia
Editora: Gente
Números de páginas: 128
Preço: R$ 25,00